Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

PORTUS Port-City Relationship and Urban Waterfront Redevelopment

LAST UPDATE, October 16, 2019
enesptit
Select page:
Scroll to top

Top


PORTUSplus

 

Call for Papers – New Deadline

 

 

 

A “Call for papers” da PORTUSplus (https://www.portusonline.org/portusplus/call-for-papers-2016) tem como finalidade reunir e divulgar na Internet documentos científicos interdisciplinares centrados em diversos temas de interesse, relacionados com as cidades portuárias e frentes de água urbanas. O objectivo é dar resposta à procura de conhecimento e difundir novos trabalhos de investigação, políticas, processos e ações no sentido de estimular um debate interdisciplinar.

 

A “Call for papers” está aberta a artigos do mundo da ciência, de cariz académico ou cultural, produzidos por peritos ou técnicos, incluindo aqueles que exercem a sua actividade em instituições e centros de investigação e, em geral, a todos aqueles que possuem conhecimento e experiência nas diferentes disciplinas ligadas aos seguintes temas:

 

 

 

A.       História das cidades portuárias

B.       Economia e negócios

C.       Cidades portuárias contemporâneas e novos modelos de relação porto-cidade

D.       Cenários futuros: planeamento e perspetiva

E.       Restruturação de frentes de água urbano-portuárias

F.       Arquitetura e paisagem das cidades portuárias

G.      Desenvolvimento urbano-portuário e sustentabilidade ambiental

H.       Cultura e identidade

I.        Didática das cidades portuárias

J.        Infraestruturas, transporte, intermodalidade, logística

K.       Porto, cidade e território

 

 

 

Os papers submetidos serão avaliados por um “Review Committee”, composto por peritos internacionais prestigiados e, mediante aprovação, publicados no journal digital PORTUSplus.

 

PORTUSplus poderá ser consultado na página da Internet https://www.portusonline.org/portusplus.

 

A todos os papers seleccionados pelo “Review Committee” para publicação na PORTUSplus será atribuído um código ISSN (2039-6422), “International Standard Serial Number” que identifica os títulos de publicações em série.

 

Para participar no processo de seleção de contribuições deverá responder à “Call for papers” até ao dia 31 de Janeiro de 2017, seguindo as instruções para submissão.

 

 

Temas

 

Os temas a abordar nos papers individuais devem estar relacionados com a pluralidade das dinâmicas que envolvem as cidades portuárias e as frentes de água urbanas, do ponto de vista das diferentes abordagens científico-disciplinares (económica, social, planeamento urbano, cultural, etc.). Mais especificamente, as propostas devem enquadrar-se numa das áreas temáticas seguidamente apresentadas:

 

 

A.         História das cidades portuárias

 

O objectivo desta secção é publicar artigos e trabalhos de investigação que consideram e analisam o desenvolvimento histórico dos portos e cidades portuárias desde o seu início, i.e. desde que se tornaram aglomerados urbano-portuários no período pré-histórico, até meados do século XX.

Os artigos podem abordar as cidades portuárias em períodos específicos ou abordar aspectos particulares da relação entre os portos e as suas cidades. Esta abordagem pode enfocar as dimensões do planeamento urbano, socioeconómico, ambiental ou cultural, etc.

 

 

B.         Economia e negócios

 

Esta secção dedica-se ao estudo das actividades económicas com enfoque na oferta inerente às actividades portuárias e das empresas e tecido empresarial que estas impulsionam. Neste sentido, os artigos devem analisar questões como as funções económicas dos portos, os agentes e factores de produção envolvidos e mais especificamente:

- As diferentes actividades portuárias: pesca; as indústrias associadas às actividades portuárias (construção e reparação naval, estaleiros, construção de infra-estruturas, ferramentas e maquinaria portuária, indústrias localizadas nos portos, etc..); turismo e lazer associado a estas instalações (cruzeiros, desportos náuticos e recreação, equipamentos culturais e de lazer, etc.); comércio e transporte marítimo (tráfego marítimo, logística, intermodalidade); trabalho e profissões nos portos.

- O impacto económico dos portos: o papel dos portos e a economia regional e urbana; avaliação do impacte económico dos portos, metodologias utilizadas para a realização de estudos e exemplos de casos concretos.

 

 

C.         Cidades portuárias contemporâneas e novos modelos de                relação porto-cidade

 

Esta secção pretende centrar-se nas dinâmicas e transformações recentes que têm vindo a influenciar os portos, assim como explicar os processos aos quais as grandes cidades portuárias estão sujeitas. Também pretende explicar as transformações, efeitos e impactes que estão em curso e os resultados desses processos.

Esta secção integra ainda artigos focados na complexidade e diversidade de relações porto-cidade, nomeadamente no que concerne à sua interacção, conflitos e sinergias, mas também no que respeita à administração e governança das cidades portuárias e portos, conflitos de interesses, e ferramentas e práticas no sentido de alcançar consensos.

 

 

D.        Cenários futuros: planeamento e perspetiva

 

Nesta secção incluem-se diferentes categorias de artigos. Por exemplo:

- Planeamento portuário e planeamento urbano-portuário conduzidos em diferentes níveis e em diversas áreas.

- Trabalhos de natureza metodológica e epistemológica sobre planeamento urbano e portuário, sobre técnicas e instrumentos utilizados no planeamento, quer de natureza integrada (planos estratégicos), quer ligadas ao planeamento urbano, infra-estruturas ou de cariz económico.

- Artigos que visam analisar e refletir sobre as cidades portuárias do futuro e sobre o futuro das cidades portuárias, sobre os desafios e as oportunidades que se colocam aos portos e às cidades a curto e médio prazo, ou estudos que discutem conceitos, novas visões e propostas.

 

 

E.         Restruturação das frentes de água urbano-portuárias

 

Nesta secção incluem-se os artigos cujo objecto de estudo inclui matérias como:

- Revitalização e transformação de antigas áreas portuárias para uso urbano: definindo projectos de reestruturação para frentes de água; tipos, critérios, modelos e a sua sustentabilidade; as novas paisagens urbano-portuárias que emergem da reafectação de áreas abandonadas; o planeamento urbano e a arquitectura das frentes de água; a organização física e funcional das frentes urbano-portuárias nas cidades; o impacto urbano dos processos de regeneração de frentes de área portuárias obsoletas.

- A gestão e administração das frentes de água urbano-portuárias: quadro regulamentar; modelos de promoção, valorização e gestão de frentes de água; rentabilidade financeira e exequibilidade; investimento e iniciativa pública e privada; efeitos económicos da reorganização sobre as frentes de água.

 

 

F.         Arquitectura e paisagem das cidades portuárias

 

Esta secção integra estudos publicados sobre projectos e acções urbanas que ocorrem em territórios de contacto entre cidades e portos, sobretudo no que diz respeito a edifícios e áreas com interesse arquitectónico particular ou de singularidade funcional; edifícios urbanos e industriais ou aqueles que foram inspirados em elementos característicos da paisagem do porto (navios, contentores, etc.); a reabilitação das instalações e áreas portuárias (docas, cais, molhes, pontões, armazéns, faróis, sinais e símbolos náuticos).

 

 

G.         Desenvolvimento urbano-portuário e sustentabilidade                     ambiental

 

Uma das áreas em que os problemas existentes na relação entre os portos e o seu enquadramento urbano têm vindo a ganhar maior acuidade nos últimos anos prende-se com a sustentabilidade ambiental. O objectivo desta secção é publicar artigos que:

- Analisem os problemas ambientais decorrentes das actividades portuárias e os seus efeitos nos ambientes natural e urbano, contextualizando problemas gerais e específicos.

- Contemplem conceitos, instrumentos de natureza tecnológica, regulação, procedimentos e controlo da gestão ambiental dos portos.

- Informem, em primeira mão, sobre experiências e exemplos concretos que evidenciem a sustentabilidade urbano-portuária, conservação ambiental e promoção da qualidade da vida urbana.

­ Descrevam novas ideias para alcançar a sustentabilidade ambiental ou que estejam intimamente relacionadas com as alterações climáticas.

 

 

H.        Cultura e identidade

 

A área temática na qual estão subjacentes questões como:

- Património cultural da cidade portuária: património portuário e náutico (material e imaterial); conservação; reapreciação e enriquecimento.

- A memória colectiva cultural das cidades portuárias através de instalações como livrarias, museus portuários e marítimos, arquivos.

- Portos como referência cultural: portos e cultura escrita (linguagem e comunicação, literatura, imprensa); portos e a cultura audiovisual (música, cinema, fotografia); portos e as artes (ilustrações, pinturas, estampas, esculturas); portos e a satisfação das necessidades básicas (dietas, actividades culinárias, alimentação e bebida), e vestuário (trajes, moda, uniformes), etc.

- Portos e identidade urbana: as características distintivas dos portos (símbolos e simbolismo da relação porto-cidade, metáforas e portos, a noção de cidade portuária); a ideia de cidade portuária (percepção e significado, emoções da cidade portuária, etc.).

 

 

I.          Didática das cidades portuárias

 

Esta secção pretende:

- Divulgar trabalhos com o objectivo de ensinar jovens em idade escolar e sensibilizá-los para a temática das cidades portuárias.

- Divulgar artigos, estudos e trabalhos de investigação centrados na análise e reflexão sobre o potencial educacional dos portos; definição de conteúdos e a sua adaptação aos programas escolares; preparação de trabalhos de esclarecimento, estratégias, métodos e desenvolvimento instrumentos de disseminação e assimilação do conhecimento e assimilação.

- Apresentar exemplos e experiências pedagógicas de diferentes naturezas, para todos os níveis de educação, com vista a explicar o conceito de cidade portuária, em todos os seus aspectos.

 

 

J.          Infraestruturas, transporte, intermodalidade, logística

 

Esta secção integra trabalhos e artigos centrados na descrição e análise dos portos e dos seus efeitos na estrutura e actividades das cidades. Os principais temas são:

- O papel do porto e da cidade na cadeia de valor: transporte, intermodalidade, terminal, serviços avançados e hierarquia portuária e cidades portuárias.

- Investimentos, planeamento, desenvolvimento portuário e desenvolvimento da cidade. Novas tecnologias marítimo-portuárias e o impacto esperado na cidade.

- Progresso, avanços e novos modelos a adoptar no estudo de matérias que incluem os portos nos programas de estudos: engenharia, arquitectura, geografia, economia, direito, sociologia e a cidade.

 

 

K.         Porto, cidade e território

 

O lugar e a situação dos portos e cidades no espaço, a sua localização física, a inserção urbana das actividades portuárias, as relações das cidades portuárias com o seu território, o hinterland, a configuração e a operação em rede dos portos e cidades portuárias, as estratégias de cooperação e a capacidade do porto para atrair fluxos de transporte marítimo, são alguns dos conteúdos desta secção.

 

 

Linguagem

 

Os documentos podem ser submetidos exclusivamente nos seguintes idiomas: Inglês, Espanhol, Francês, Português, Italiano.

 

 

Modalidade de presentação dos papers 

 

As regras para participação na “Call for papers” requerem, sob pena de exclusão, a submissão dos seguintes documentos:

 

  • a Declaração de Responsabilidade (Anexo A) e o Formulário de Registo (Anexo B) preenchido e assinado por cada autor (documento com extensão .DOC com assinatura digital, ou formato .PDF ou.JPG do documento com a digitalização da assinatura original);
  • o “Resumo” em formato .DOC no máximo com 1.500 caracteres – espaços incluídos – em Inglês, no Formato Requerido (Anexo C);
  • um “Relatório” em formato .DOC de aproximadamente 20.000 caracteres – espaços incluídos – com imagens, gráficos, tabelas e respectivas legendas, no Formato Requerido (Anexo C);
  • imagens em alta resolução, 300 dpi, com formato .JPG/.TIFF;
  • um breve Perfil do Autor (Anexo D) em formato .DOC.

 

Os Anexos podem ser descarregados abaixo.

 

 

 

Anexo A: Declaração de Responsabilidade

Clique aqui para baixar o formulário.

 

gb         EN-ATTACHMENT A_Declaration of Responsibility

 

es         ES-ANEXO A_Declaración de Responsabilidad

 

it         IT-ALLEGATO A Dichiarazione di responsabilità

 

fr         FR-ANNEXE A-Déclaration de responsabilité

 

pt_         PT-ANEXO A_Declaração de Responsabilidade

 

 

 

 

Anexo B: Formulário de Registo

Clique aqui para baixar o formulário. 

 

gb        EN-ATTACHMENT B_Registration Form

 

es        ES-ANEXO B_Formulario de Adhesión

 

it        IT-ALLEGATO B_Modulo Adesione

 

fr        FR-ANNEXE B_Module d’Adhèsion

 

pt_        PT-ANEXO B_Formulário de Registo

 

 

Anexo C: Formato Requerido

Clique aqui para baixar o formulário.

 

gb       EN-ATTACHMENT C_Required Format

 

es        ES-ANEXO C_Formato Predefinido

 

it        IT-ALLEGATO C_Formato Predefinito

 

fr        FR-ANNEXE C_Forme Imposé

 

pt_        PT-ANEXO-C_Formato Requerido

 

 

Anexo D: Perfil do Autor

Clique aqui para baixar o formulário.

 

gb       EN-ATTACHMENT D_Profile of the Author

 

es       ES-ANEXO D_Perfil del Autor

 

it       IT-ALLEGATO D_Profilo autore

 

fr       FR-ANNEXE D_Profil Auteur

 

pt_        PT-ANEXO D_Perfil do Autor

 

 

Os papers submetidos serão avaliados com base nos critérios já utilizados para as edições anteriores (originalidade do conteúdo, qualidade científica, clareza de exposição, relevância no campo disciplinar, contribuição para o debate científico, ilustrações, referências, etc.), baseando-se na experiência dos membros do “Review Committee” nas diversas áreas temáticas e disciplinas. O processo de seleção será organizado de forma que cada paper será avaliado, de forma anônima, por dois ou três peritos.

 

O objetivo da iniciativa é o de publicar contribuições originais e de qualidade, dedicadas ao aprofundamento dos temas da relação entre cidade e porto e da regeneração das frentes marítimas urbanas, que destacam uma significativa maturidade científica das propostas.

 

Para as seguintes razões, não são compatíveis com as finalidades de PORTUSplus, e não serão tomados em consideração:

 

  • papers exclusivamente descritivos; relatórios técnicos de projetos; propostas desenvolvidas em ocasião de competições de design;
  • papers apresentados em edições anteriores, que não tenham sido avaliados positivamente pelo “Review Committee” do PORTUSplus e, portanto, não foram publicados no journal da RETE;
  • papers já publicados em outras revistas;
  • papers escritos por um número maior de três autores;
  • papers processados por um ou mais autores que abordam temas ou estudos de casos já analisados pelos mesmos e enviados em edições anteriores ou para o mesmo “Call for papers”.

 

Prazos para submissão dos papers

 

Os papers submetidos à avaliação do “Review Committee” têm de ser enviados para o Secretariado Científico da PORTUSplus até ao dia 31 de Janeiro de 2017.

 

Os resultados da seleção realizada pelo “Review Committee” são comunicados por e-mail a cada um dos autores.

 

Os papers selecionados serão publicados na secção “PORTUSplus” da página de Internet da PORTUS (https://www.portusonline.org/portusplus) presumivelmente em Março de 2017.

 

Review Committee

 

Os papers enviados serão submetidos a um ” Review Committee” composto por Peritos internacionais. O “Review Committee” procede à seleção dos artigos que cumprem os seguintes critérios: originalidade da abordagem e metodologia, clareza e organização dos conteúdos, qualidade e integralidade da apresentação, nível científico-académico, e resultados obtidos.

 

Cada papers será enviado sem a identificação do autor e será sujeito à avaliação de pelo menos dois membros do “Review Committee”, cujo parecer é o final. Em caso do autor não estar de acordo com as avaliações dos especialistas, cabe ao Diretor do Comité Científico da RETE a decisão final sobre a publicação do artigo.

 

 

Secretariado Científico

 

Para a submissão dos papers e informação adicional, por favor contacte a Secretariado Científico da PORTUSplus:

 

Arch. Oriana Giovinazzi

 

Endereço de E-mail: portusplus@portusonline.org

 

“Call for papers 2016” da PORTUSplus pode ser descarregado abaixo:

 

gb       EN_NEW Call for Papers 2016     pdf-icon-

 

es       ES_NEW Call for Papers 2016     pdf-icon-

 

it       IT_NEW Call for Papers 2016      pdf-icon-

 

fr       FR_NEW Call for Papers 2016      pdf-icon-

 

pt_       PT_NEW Call for Papers 2016      pdf-icon-